16/09/2013

Believe Cap.12/2ª temp. - London, Again


   Ysabelle pov’s

-Ta tudo bem Lu - Falei passando minha mão pelo seu cabelo.
-Não ta não - Ele respondeu em um fio de voz, em meio a lagrimas. Meus olhos embaraçam, eu sabia muito bem que não estava nada Bem, mas eu precisava me convencer que eu sobreviveria a tudo isso.
-Eu sei - Sussurrei baixo, deixando as lagrimas caírem.

   Algumas horas depois...

-Pegou tudo? - Ouvi Lucas perguntando. Balancei a cabeça em concordância.

    Olhei para a mala perto da porta, e olhei em volta. Não podia vender essa casa, eu sei que a gente so passou um ano e alguns meses aqui, mas a casa  estava cheia de novas lembrasças. Sorri, me lembrando de como Rique tinha crescido. Como ele não pedia mais para Joseph acender o abajur, ele costumava faze4r isso quando era pequeno, por medo de que algum bicho papão aparecesse de noite, ou simplesmente por medo do escuro.

-Você pode ficar com a casa? - Perguntei para Lucas.

    Ele me olhou espantado, não que a casa dele não fosse grande, mas essa era muito melhor. Ainda mais pelo fato que ele não vai ter que dividir o quarto com a sua mãe. Eles não dormiam no mesmo quarto por falta de cômodos, mas sim porque a mãe dele quase sempre acordava no meio da noite gritando de medo por causa dos pesadelos com o pai de Lucas.

-Eu não vou conseguir vende-la - Continuei.
-Eu posso morar aqui - Ele sorriu triste para mim, aposto que a casa também trazia memorias para ele. - E cuidar dessa bola de pelos - Ele acariciou a cadela.
-Obrigado - Abracei ele o mais apertado que eu consegui. Não conseguiria imaginar como eu passaria por tudo isso sem ele ao meu lado.
-A gente vai se atrasar - Ele disse com a voz rouca.

    Eu simplesmente balancei a cabeça e pequei minhas malas, antes que eu passasse pela porta eu ouvi um choro e uma bola de pelos grudando no meu pé. Ela tinha crescido um pouco.
    A peguei no colo, enquanto acariciava sua cabeça.


-Vou sentir sua fala, bola de pelos - Falei enquanto aproximava ela do meu rosto. Fofinha lambeu meu nariz, me fazendo rir e chorar o mesmo tempo. - Te amo.

    Coloquei ela no chão, ela me seguiu. A encarei enquanto fechava a porta, ela choramingou e bateu a patinha na porta. Desculpa pequena, me desculpei mentalmente por estar deixando ela sozinha, nessa casa enorme e sem vida.
   Coloquei minha mala no porta malas do carro, me sentei no banco da frente. Lucas ligou o carro, me levando para o tão esperado aeroporto. Colei minha testa no seu ombro, minha mão segurava a sua mão livre. Só sabia de uma coisa, eu não queria deixar Lucas aqui, sozinho.

...

    Lucas finalmente tinha chegado no aeroporto. Minhas pernas ficaram bambas, parecia que elas tinham grudado no chão do carro. Lucas abriu a porta e pegou minha mala. Ele deu a volta no carro e abriu a porta para mim.
-Pronta? - Ele perguntou com os olhos vermelhos.

    Balancei a cabeça em negação, sentia as lagrimas já caindo pelo meu rosto. Não conseguia mexer nada no meu corpo, o ar ia sumindo cada vez mais. Ouvi meus soluços, mas eu estava longe. Não pensava em nada ou via nada, apenas sentia o aperto no meu coração e as lagrimas geladas escorrendo pelo meu rosto.
    Você tem que fazer isso Ysa! - Disse para mim mesma. Respirei fundo abrindo meus olhos. Lucas me encarava chorando também. Respirei fundo e limpei as lagrimas do meu rosto. Tirei meu cinto e coloquei minhas pernas, ainda bambas, para fora do carro.
    Fiz tudo oque eu tinha que fazer naquele aeroporto. Voltei e me sentei em uma cadeira com o Lucas. Ele me abraçou pelo ombro, enterrei meu rosto no seu peito, tentando guardar seu cheiro.
    Minha barriga gelou quando eu ouvi a voz irritante daquelas moças. É isso eu tinha que ir para Londres. Eu e Lucas caminhamos de mãos dadas e calados até o portão.

-Então é isso. - Ele sorriu triste e me puxou para um abraço.
-Eu volto daqui uma semana - Disse tentando anima-lo um pouco, apesar de que eu vou voltar para o enterro de Joseph.
-Eu sei - Ele me abraçou mais forte. - Eu te amo pequena - Ouvi ele sussurrar no meu ouvido.
-Eu também te amo Lu - Segurei o choro.

    Me afastei e encarei aqueles olhos azuis. Lucas era um garoto bonito, me aproximei para dar um beijo no seu rosto. Tudo oi muito rápido, Lucas me puxou para um beijo. No começo eu fiquei assustada, mas depois eu correspondi. Na verdade era estranho beija-lo, afinal eu o considerava um irmão. Ele beijava bem, seus lábios estavam molhados e macios. O beijo era calmo e ao mesmo tempo viciante.

 “Ultima chamada para o voo de Londres”

    Me afastei de Lucas partindo o beijo. Abracei ele, lagrimas escorriam pelos rostos de nos dois. Segurei seu rosto entre minhas pequenas mãos e o dei um selinho demorado, com mistura de carinho e tristeza juntos.
    Virei de costas enquanto andava até o portão, não me permiti olhar para trás, mas na hora que cheguei no avião meus olhos se direcionara para onde eu e Lucas estava minutos atrás.
    Ele me encarava vidrado com lagrimas nos olhos, seus beiços estava inchados, assim como provavelmente os meus também. Movi a boca em um ‘Te amo’ antes de a aeromoça me pedir para entrar no avião.

    Lá vamos nós para Londres, de novo!

Oii mais uma vez!
Eu escrevi esse capitulo correndo porque não queria deixar vocês na espera.
Eu percebi que a fic não esta nem na metade kkkk - Pois é se preparem que essa fic vai ser grande Para Nossa Alegria- Sqn!!
Eu finalmente to gostando do que eu estou escrevendo.
E ai ficaram surpresas com o beijo? Espero que sim!
Bom, por hoje é só! Até o próximo cap. de SM.
Ah, não se esqueçam, Comentem!
Xx Ysa

6 comentários:

  1. Véi, não se pode brincar com o emocional das pessoas ok?
    POSTE MAIS! É UMA ORDEM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me desculpa kkk. Ok mamãe você que manda Ú.Ú

      Excluir
  2. oh good , como eu disse vivo essa fic meche muito com o lado emocional, aeeeeeeeeee q ela ñ vai terminar tão cedo pq eu amoooooo
    #beahh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwnt brigado anjo. Tambem amo essa fic minha (Apesar de como ser a primeira ter muitos erros, mas eu a amo.)

      Excluir
  3. Ain Ysa num brinca com eu olha q a Carol vai te assustar ein ::: Buu!!
    xx:Gabriele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mereço aquela Zouis Girl kkkkkk, menina malvada!

      Excluir

Oii cenourinhas!
Sejam bem-vindas (:
O comentário de vocês são importantes para nos.
Então comenta princesa ;3