08/09/2013

Same Mistakes - 05


Era apenas um mal entendido.

   SeuNome pov’s

    Acordei com um fio de luz batendo em meus olhos, tentei abrir meus olhos, mas eles estavam muito pesados.
    Não me lembrava de como tinha chegado em casa, mas não me importava. Virei para o lado tentando pegar no sono de novo.
    Uma mão agarrou minha cintura me puxando para perto, abri meus olhos assustada. Na minha frente estava um menino moreno, ele me Abraçava como se eu fosse um ursinho.
    Olhei em volta, com certeza eu não estava no meu quarto! Só agora percebi o quanto minha cabeça estava pesada e minha garganta ardia. Estava de ressaca.
    Grande ideia de ir em uma balada no primeiro dia em que você chega em uma cidade nova.
    Droga! Tentei me livrar do garoto sem acorda-lo, depois de muito esforço eu consegui. Me levantei da cama, mas meus pés se enrolaram no, gigante, cobertor. Antes que eu pudesse me segurar eu já estava caída no chão.

-Droga! Murmurei, minha bunda estava doendo.
-SeuNome? - O garoto moreno me perguntou - SeuNome?!

    Ele foi ate a beirada da cama, seus olhos azuis encontraram os meus. Tentei lembrar seu nome, mas não consegui.

-Você ta bem? - Ele perguntou rindo.

    Provavelmente a cena estava engraçada, uma garota com os cabelos no rosto e enrolada (sem querer) em um cobertor.

-To bem - Murmurei, senti ele tirar as cobertas de cima de mim.

    Suas mãos quentes agarraram as minhas, em um puxão ele me levantou do chão (Rimou kk’)
    Me olhei, eu estava apenas com uma blusa grande, provavelmente do garoto. Meu vestido estava no chão. Varias coisas passaram pela minha cabeça, será que eu tinha dormido com ele?
    O encarei, o garoto sorriu para mim.

-Oi... - Tentei de novo lembrar seu nome. Mas as únicas coisas que eu lembrava da noite passada era de eu dançando e depois debruçada sobre uma privada com alguém passando as mãos na minha costa.
-Louis - Ele terminou a frase intendendo que eu não me lembrava de seu nome.
-Oi Louis - Dei um sorriso, mas estava confusa.

    A pergunta voltou na minha mente, será que eu tinha dormido com ele? Ele me encarou como se soubesse oque estava pensando, seu rosto ficou surpreso e depois serio.

-Não - Ela balançou a cabeça respondendo minha pergunta. - Nos não, er... fizemos nada - Ele disse um pouco corado. Não aguentei e tive que rir da sua cara fofa.
-Louis? - Me toquei que eu nem ao menos sabia onde eu estava.
-Oque?
-Onde eu estou?
-Na minha casa, - Ele me encarou com seus olhos azuis e disse o bairro. Ótimo, era pelo menos uns 30 minutos ate minha casa, não tinha certeza, afinal eu só dei uma olhada no mapa de Londres. - Oque foi?
-É pelo menos eu 30 minutos ate minha casa - Falei ainda pensando em como iria para casa.
-Eu te levo - Ele se ofereceu.
-Não precisa - Não queria incomodar mais ele.
-Deixa disso SeuApelido, eu te levo - O jeito que ele falou meu apelido fez meu corpo inteiro se arrepiar e por um momento pensei que eu o conhecia.
-Tudo bem - Suspirei, não tinha dinheiro para pegar um taxi.
-Mas com uma condição - Encarei ele - Você toma café da manha comigo?
-Claro Lou - Sorri. Não o conhecia, mas era como se ele já fizesse parte da minha vida. - Posso usar o banheiro? - Perguntei ele assentiu, peguei minha roupa e fui me trocar.

    Quando sai do banheiro Louis já tinha saído do quarto, coloquei a blusa dele dobrada em cima da cama já arrumada. Abri a porta do quarto e me deparei com um corredor, enorme, cheio de porta.  Ótimo!
    Depois de uns 10 minutos eu finalmente achei uma porta que dava para uma escada. Desci a escada e fui parar em uma grande sala, olhei para os lados e vi Louis sentado em uma mesa na cozinha enquanto mexia no celular.

-Que tamanho de casa - Falei me sentando com ele. Um sorriso brincou nos seus lábios e ele desviou o olhar do celular.
-Desculpa.
-Tudo bem - Ouvi meu estomago roncar - Então, oque a gente vai comer?

    Ele olhou em volta como se pensasse, depois seus olhos se voltaram para mim.

-Você sabe cozinhar? - Ele perguntou.
-Claro - Rolei os olhos - Você me convida para um café da manhã e eu que tenho que cozinhar?

    Nos rimos, tinha como ser mais folgado? Levantei e sai à procura de alguma coisa para preparar para a gente.

...

     Encarei o carro do Louis. Se é que eu podia chamar aquilo de carro, era um Porsche preto lindo. Louis me olhou sorrindo.

-Gostou do carro? - Perguntou.
-é lindo - Respondi, o carro me lembrou de quando eu ajudava meu pai com a oficina dele.
-Pode entrar - Ele abriu a porta para mim.


    Entrei ainda admirada. Dei meu endereço para Louis e lá fomos nós para minha casa.

Oii Liamdas.
Me desculpem pelo capitulo chato, é que eu to sem imaginação e com pouco tempo.
Finalmente o This is Us foi lançado né? 
Vocês já assistiram?
Gente muito obrigado pelos 51 seguidores, nunca imaginei que o blog ficaria tão grande! Muito obrigado pelos comentários, elogios e pelo carinho de vocês.
Amo vocês pequenas >..<
Espero que gostem!
Comentem.
Xx Ysa

7 comentários:

  1. Amore,tem um selinho pra vc no meu blog também:http://imagine-e-sonhe-alto-directioner.blogspot.com.br/2013/09/selinho.html

    ResponderExcluir
  2. continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  3. Mar gente, que perfeito *-*
    ammei Ysa, continua. E ainda diz que não tem talento
    Queria eu escrever bem assim )): #Invejinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Magina, sua fic é melhor que todas as minhas juntas!

      Excluir

Oii cenourinhas!
Sejam bem-vindas (:
O comentário de vocês são importantes para nos.
Então comenta princesa ;3